“O país está preparado, mas sobretudo aquilo que queria dizer é fazer um apelo aos portugueses que nos próximos dias face a um crescimento do risco não tenham comportamentos de risco”, disse o ministro em declarações à margem do 21.º Congresso Extraordinário da Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP), que decorre durante todo o dia, em Aveiro.

O governante assegurou ainda que a estrutura “está preparada nas suas diversas componentes”, adiantando que existe um pré-posicionamento de meios, de acordo com as áreas de risco que foram definidas pela Proteção Civil.

“O apelo que fazemos é, os profissionais estão prontos, que os cidadãos estejam à altura dos riscos que iremos enfrentar”, afirmou.

Questionado sobre a preparação para a época de fogos florestais, Eduardo Cabrita disse que estão a trabalhar na conclusão de um dispositivo que “será ainda mais reforçado” do que no ano passado.

O ministro aproveitou ainda a oportunidade para agradecer em nome do Governo a disponibilidade dos 20 bombeiros voluntários do distrito de Santarém que partiram para a região da Beira, em Moçambique, integrando o dispositivo nacional de socorro na sequência do ciclone Idai que afetou aquele país.

“Sendo contactados, imediatamente disseram presente. Estão neste momento a voar e daqui a uma hora ou duas aterrarão na Beira solidariamente trabalhando para salvar vidas, seja nos concelhos onde trabalham diretamente, seja em qualquer local do país, como desta vez em Moçambique apoiando um povo irmão que esta a sofrer”, disse o ministro.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.