Em comunicado, a PJ adianta que os dois suspeitos "atraíram a vítima a um local, junto à praia, pelas 22:00, onde sob a ameaça de uma arma branca a obrigaram a entregar o dinheiro que trazia consigo, bem como um telemóvel".

Depois, o jovem de 23 anos "foi coagido a entrar numa viatura" e conduzido a um estabelecimento comercial de que é proprietário "onde os suspeitos se apropriaram de vários artigos de vestuário".

" A vítima foi também obrigada a entregar o seu cartão bancário e a revelar o código secreto", afirma a PJ, adiantando que na posse do cartão os dois suspeitos efetuaram levantamentos de dinheiro.

"Dias depois, a vítima ainda foi coagida a efetuar transferências bancárias e ameaçada a não dar conhecimento dos factos às autoridades policiais", acrescenta o comunicado, referindo que nas diligências de prova efetuada os elementos da Diretoria do Centro da PJ apreenderam "alguns dos artigos roubados".

Na nota, a PJ indica ainda que os dois suspeitos serão hoje presentes a tribunal para determinação de eventuais medidas de coação.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.