"Os centros de refugiados onde os suspeitos viviam foram inspecionados", indicou Stefan Redlich.

Recorde-se que a polícia alemã deteve dois argelinos "suspeitos de estar em contacto" com o EI e continua à procura de outros dois suspeitos em operações que estão a acontecer em Berlim e em outras duas regiões do país.

Estes quatro homens são suspeitos de ter preparado "um ato grave que ameaça a segurança do Estado", acrescentou uma fonte da polícia alemã.

Os agentes detiveram ainda uma mulher na Renânia do Norte-Westfália, afirmou a polícia de Berlim, sem no entanto especificar o motivo.

Um dos dois homens detidos na região da Renânia do Norte-Westfália é alvo de um mandado de captura emitido pelas autoridades argelinas pelo seu alegado envolvimento com o EI, segundo a mesma fonte.

O suspeito recebeu treino na Síria, revelou ainda a polícia de Berlim, em comunicado. O segundo homem foi detido em Berlim por falsificação de documentos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.