“Este passe permite a utilização ilimitada destes serviços (metro, autocarros, elétricos, elevadores e comboios, dentro da cidade de Lisboa, e nas linhas de Sintra e Cascais) e pensamos que pode ser uma forma de atrair todos os participantes para esta mobilidade”, anunciou hoje o presidente da Metro de Lisboa, Tiago Farias, numa conferência de imprensa em Lisboa.

Este passe será válido, “ao longo de todos os dias do evento [uma conferência global de tecnologia que decorre de 07 a 10 de novembro], mas cobre os fins de semana anterior e seguinte” e estará à venda no Aeroporto de Lisboa e na FIL, no Parque das Nações, onde irá decorrer a iniciativa.

De acordo com Tiago Farias, as máquinas de venda de bilhetes nas estações de metro “foram todas adaptadas para aceitar cartões internacionais e cartões de crédito, para que seja facilitada a compra”. Além disso, houve um “reforço dos postos de venda”. O presidente da Metro de Lisboa anunciou ainda que está a ser desenvolvido “um programa de comunicação para orientar da melhor forma as pessoas em termos do uso da rede, do Metro, da Carris e da CP”.

Recordando o “programa extenso” da Web Summit, que “tem localizado nas zonas do Bairro Alto e do Cais do Sodré as suas atividades noturnas”, serão prolongados os horários das linhas 736 (Cais do Sodré-Odivelas) e 728 (Portela-Restelo), em complemento às carreiras que fazem o serviço da madrugada.

Depois do horário de término destas duas carreiras, 00:10 o 736 e 21:45 o 728, irão circular autocarros de 15 em 15 minutos até às 05:00, num percurso encurtado entre o Cais do Sodré e a zona da Expo”.

Em relação ao Metro, Tiago Farias adiantou que “haverá reforço que será ajustado à medida que se vai conhecendo os padrões de mobilidade dos participantes da web Summit”.

“Haverá um reforço no período da noite, acima de tudo no aumento do número de carruagens”, referiu, explicando que “fora da hora de ponta o Metro não opera obrigatoriamente com seis carruagens e [nestes dias] vai fazê-lo”.

A Web Summit é uma conferência global de tecnologia, que se transferiu de Dublin para Lisboa e na qual são esperados 50.000 participantes de mais de 150 países, incluindo mais de 20 mil empresas, sete mil presidente executivos e dois mil jornalistas internacionais.

Entre os oradores, estarão os fundadores e presidentes executivos das maiores empresas de tecnologia, bem como importantes personalidades das áreas de desporto, moda e música.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.