Segundo fontes parlamentares, um funcionário da AN, onde a oposição detém a maioria, encontrou uma mala preta no sótão do edifício, atrás de um recipiente para o lixo.

Esta é a segunda vez, nesta semana, que os acessos ao Parlamento são bloqueados por suspeita de bomba.

Na última terça-feira, funcionários dos serviços secretos, da Guarda Nacional Bolivariana e da Polícia, bloquearam os acessos à Assembleia Nacional, tanto a deputados como a jornalistas.

O bloqueio ao Parlamento, segundo a imprensa local, deveu-se à alegada suspeita da presença de um engenho explosivo, sobre o qual não houve declarações oficiais.

Terça-feira, mesmo com os acessos bloqueados, a outra assembleia, a Constituinte (composta unicamente por simpatizantes do regime) realizou uma sessão para levantar a imunidade parlamentar de cinco deputados opositores, aos que o regime acusa de conspiração e traição à pátria.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.