“É difícil perceber o impacto económico quando se trata de uma competição de terceiro nível, que terá pouco valor comercial, mas também temos de ter em conta o desejo dos nossos membros de participarem mais”, disse Agnelli, que está em Madrid por ocasião da World Football Summit.

O italiano, que também é presidente da Juventus, lembrou que o facto de “os clubes de menor dimensão participarem em jogos internacionais permitir-lhes-ia crescer”.

Andrea Agnelli admitiu que chegou a estar em cima da mesa o aumento da Liga Europa de 48 para 64 equipas, referindo que o consenso foi inviabilizado devido à “luta comercial” entre a competição e a Liga dos Campeões.

Recentemente, a ECA anunciou que a UEFA está a preparar uma terceira competição a partir de 2021, além da Liga dos Campeões e da Liga Europa.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.