O belga Yannick Carrasco, aos 16 minutos, e o argentino Angel Correa, aos 20, anotaram os tentos ‘colchoneros’ ainda antes do intervalo, mas a equipa do avançado luso João Félix, opção aos 73 minutos, acabou por dar a iniciativa ao adversário e preferiu defender o resultado confortável, que se tornou perigoso, quando Igor Zubeldia (83) encurtou distâncias já perto do apito final.

Isolados na liderança da La Liga a apenas duas jornadas do fim, os ‘rojiblancos’, que procuram conquistar o título de campeão que lhes foge há sete anos, somam 80 pontos, contra os 76 do segundo posicionado FC Barcelona, 75 do Real Madrid, segundo e com menos um jogo, e 74 do Sevilha (quarto). Os bascos permanecem em quinto (56), mas podem ser ultrapassados pelo Bétis nesta ronda.

Horas antes, um golo de Youssef En Nesyri foi suficiente para os andaluzes vencerem na receção ao Valência (1-0) e, consequentemente, voltar aos triunfos na prova, mantendo viva a esperança de terminar no pódio.

No Estádio Ramón Sánchez-Pizjuán, o único tento do jogo foi apontado pelo avançado marroquino, à passagem do minuto 66, após assistência do ex-FC Porto Fernando.

Já o emblema ‘che’, que teve os lusos Thierry Correia, Ferro e Gonçalo Guedes no ‘onze’, continua a viver uma temporada aquém das expectativas e ocupa o 14.º posto da classificação, com 39 pontos.

A precisar de pontos para permanecer na elite do futebol espanhol, o Huesca surpreendeu ao vencer em casa o Athletic Bilbau (1-0), com um golo de Sandro Ramirez (61), que deixa os anfitriões, provisoriamente, na 17.ª posição, a primeira acima da ‘linha de água’, com 33 pontos, enquanto os bascos são nonos, com 46.

O mesmo resultado verificou-se no duelo entre Celta de Vigo e Getafe, depois de o ex-Benfica Nolito apontar o tento que deu a vitória nos Balaídos e que permite aos galegos ‘sonhar’ com um lugar europeu.

O Celta ocupa o oitavo posto, com 50 pontos, menos dois do que Villarreal (sétimo) e Bétis (sexto), ambos com menos uma partida. Já o emblema dos arredores de Madrid continua a lutar pela sobrevivência no 16.º lugar, com 34.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.