No Estádio Olímpico de Berlim, o austríaco David Alaba inaugurou o marcador aos 16 minutos, num livre direto superiormente executado, e Serge Gnabry dilatou a vantagem dos bávaros, aos 24, dando sequência a um bom passe de Joshua Kimmich.

No segundo tempo, o polaco Robert Lewandowski fez o terceiro golo do Bayern, aos 59 minutos, beneficiando de um erro ‘monumental’ do guarda-redes Lukas Hradecky, mas Sven Bender alimentou a ténue esperança dos ‘farmacêuticos’, aos 63.

O ‘inevitável’ Lewandowski viria a ‘bisar’, aos 89 minutos, chegando aos 51 golos na presente temporada, antes de Kai Havertz atenuar o desaire do Leverkusen, aos 90+5, na marcação de uma grande penalidade.

Depois de ter arrecadado o oitavo título seguido de campeão da Alemanha, o Bayern de Munique revalidou o troféu na Taça, alcançando a segunda ‘dobradinha’ consecutiva e a 13.ª da história do clube.

Conquistados estes dois troféus, a equipa comandada por Hans-Dieter Flick vira a ‘mira’ para a Liga dos Campeões, na qual vai receber o Chelsea, em agosto, na segunda mão dos oitavos de final, após ter vencido em Londres, por 3-0.

O conjunto da Baviera procura vencer o segundo ‘triplete’ (campeonato, Taça e ‘Champions’) do seu historial, algo que apenas conseguiu em 2012/13, sob o comando do treinador Jupp Heynckes.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.