“A criação de um ‘franchise’ no México é uma possibilidade que vamos estudar”, respondeu Adam Silver, quando questionado sobre uma notícia lançada pelo site na internet do canal televisivo ESPN.

O comissário da NBA reconheceu que a Cidade do México “é um mercado interessante, com vinte milhões de pessoas”, insistindo que a hipótese será avaliada pelos responsáveis norte-americanos.

“Não está nos nossos planos no curto prazo. Para já, vamos analisar em que aspetos a criação de uma equipa na Cidade do México pode beneficiar a NBA. Mais do que contar com 20 milhões de habitantes, tem interesse em ser uma porta de entrada para a América Latina”, reconheceu Adam Silver.

Se não está nos planos imediatos uma equipa mexicana, a NBA quer promover mais jogos da fase regular no país da América Central, bem como organizar torneios de preparação na pré-temporada.

O jogo de sábado, em que os Phoenix Suns venceram os San Antonio Spurs, por 108-105, teve 20.532 espetadores nas bancadas, um recorde para um jogo da NBA no México.

Notícia corrigida às 19h58

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.