"Ontem [na segunda-feira] foi um bom dia. Lamentamos não ter podido ir, mas tínhamos um jogo muito próximo, o de amanhã [frente ao Bolonha], e era um evento que encaixava mal [no nosso calendário]”, afirmou o técnico dos heptacampeões e líderes do campeonato italiano.

O croata Luka Modric, do Real Madrid, venceu na segunda-feira o troféu ‘The Best’, relegando para a segunda posição Ronaldo, que arrebatou o título em 2008, 2013, 2014, 2016 e 2017. O avançado português estava também entre os candidatos ao melhor golo, numa votação em que foi batido pelo egípcio Mohamed Salah, do Liverpool.

Na quarta-feira, a Juventus recebe o Bolonha, em jogo da sexta jornada do campeonato.

Allegri assumiu ainda a sua satisfação com os votos recebidos para o prémio para melhor treinador de 2018, entre os quais o do argentino do FC Barcelona Lionel Messi e dos espanhóis Ernesto Valverde e Pep Guardiola, dos catalães e do Manchester City, respetivamente.

“Não sabia, fiquei agora a saber [do voto do Messi]. Fico contente, não posso dizer mais nada”, referiu o técnico, reconhecendo como merecido o título atribuído ao francês Didier Deschamps, campeão do mundo.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.