O técnico natural de Vila do Conde, de 47 anos, deixou o clube transmontano, ao qual chegou no início da temporada, proveniente do Marítimo, após a derrota por 1-0 no terreno do Belenenses, a sexta consecutiva na prova.

A saída de Daniel Ramos do Desportivo de Chaves elevou para três o número de despedimentos de treinadores na edição 2018/19 da I Liga, depois das saídas de José Peseiro, do Sporting, e Cláudio Braga, do Marítimo, após a eliminação perante o Feirense (3-0), na quarta ronda da Taça de Portugal.

Braga, que cumpria a sua primeira experiência em equipas do primeiro escalão, deixou o Marítimo fora da Taça de Portugal, após o pesado desaire caseiro com o Feirense, e no 12.º posto do campeonato, um ponto acima da zona de despromoção, com 10 jornadas disputadas, sendo substituído por Petit.

No início de novembro, José Peseiro, que cumpria a segunda passagem pelo Sporting, acabou por ser despedido pela direção liderada por Frederico Varandas, na sequência da derrota caseira frente ao Estoril Praia (2-1), para a Taça da Liga.

Peseiro acabou por ser substituído pelo holandês Marcel Keizer, depois de Tiago Fernandes ter orientado interinamente os 'leões' nas vitórias frente a Santa Clara, nos Açores, e Desportivo de Chaves, em Lisboa, ambas por 2-1.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.