Em 25 de novembro, a UEFA tinha proibido o Feyenoord de vender bilhetes para a deslocação desta quinta-feira ao Estádio do Dragão, no Porto, devido ao mau comportamento dos adeptos do clube no encontro com o Young Boys, em 24 de outubro, mas, após recurso dos holandeses, decidiu suspender o castigo durante um ano.

O comité disciplinar manteve, contudo, a multa de 50.000 euros por “desacatos do público, arremesso de objetos e uso de materiais pirotécnicos” e urgiu a equipa a contactar o Young Boys para chegar a acordo sobre a quantia a pagar pelos danos causados pelos seus adeptos, no encontro da segunda jornada do Grupo G.

O Feyenoord é último classificado do agrupamento, com cinco pontos, menos dois do que os portistas, que ocupam o segundo lugar, em igualdade pontual com os suíços.

Na liderança do grupo G, com oito pontos, está o Rangers, que esta quinta-feira recebe o Young Boys, na sexta e última jornada.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.