O milionário grego dos transportes marítimos Evangelos Marinakis, proprietário do Olympiacos e sobre o qual pendem acusações de manipulação de jogos, concretizou hoje a compra do Nottingham Forest, histórico clube britânico bicampeão da Europa e atualmente na segunda divisão inglesa.

O empresário de 49 anos também foi acusado, no passado, de estar envolvido num atentado à bomba contra uma padaria propriedade de um árbitro, mas nunca foi condenado pela justiça do seu país.

Apesar destes 'antecedentes', Marinakis respondeu às condições do Campeonato Inglês e adquiriu o Forest das mãos de Fawaz Al Hasawi, do Kuweit, proprietário do clube há cinco anos.

A UEFA mantém, contudo, um estreito acompanhamento das investigações da justiça grega.

"Todos estes anos muitas coisas foram ditas, mas nunca nada foi provado", defendeu-se Marinakis em declarações à BBC. "Agora só resta um caso e há cerca de 80 pessoas envolvidas. Posso dizer que não tenho nada a ver com isso, porque eu sei muito bem o que fiz e como consegui as minhas vitórias", rematou.

O Olympiacos, desde que foi comprado por Marinakis em 2010, conquistou sete campeonatos gregos.

Nesta temporada o Nottingham Forest foi salvo da descida à 3ª divisão na última jornada e não disputa a Premier League desde 1999.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.