Com o público do seu lado, o tenista vimaranense, de 29 anos, atual 68.º do ‘ranking’, acabou por se impor na estreia frente ao jovem helénico, de 19 anos, que ocupa o 44.º lugar na hierarquia, ao fim de duas horas e oito minutos de encontro, com os parciais de 6-4, 1-6 e 7-6 (7-4).

O número um português igualou assim o feito de Frederico Gil, igualmente finalista em 2010, quando o único torneio ATP em Portugal ainda se disputava no Jamor.

João Sousa vai agora disputar a final do torneio no Clube de Ténis do Estoril diante do vencedor da outra meia-final entre o norte-americano Frances Tiafoe e o espanhol Pablo Carreño Busta, atual detentor do título.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.