O atleta luso, de 34 anos, abriu o concurso com 16,47 metros e fez 16,89 ao segundo ensaio, a sua melhor marca do ano, já que se apresentou com 16,77. Para chegar à final, bastavam 16,70.

Nelson Évora, campeão olímpico em Pequim (2008), é o bicampeão europeu em título, face aos triunfos em 2015, em Praga, ainda como atleta do Benfica, com 17,21 metros, e em 2017, em Belgrado, onde chegou ao ouro com 17,20.

A 3 de março de 2018, em Birmingham, na Inglaterra, Nelson Évora bateu o recorde nacional em pista coberta, ao saltar 17,40 metros, que lhe valeram a medalha de bronze nos Mundiais.

A melhor marca europeia do ano pertence ao benfiquista Pedro Pichardo, com 17,32 metros, registou com que bateu Nelson Évora no nacional de clubes. O luso-cubano não está, porém, ainda autorizado a competir por Portugal.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.