Os factos ocorreram na casa da família em Arras, na madrugada de 25 de dezembro, quando houve uma luta entre os dois cônjuges apesar de estarem a celebrar o Natal "com várias outras pessoas", disse à AFP o procurador Benoît Gauthe, confirmando informação do jornal L' Equipe.

A esposa acusa Medina de "violência voluntária", algo que o jogador terá "admitido parcialmente", acrescentou Gauthe, sem mais detalhes sobre os factos.

Medina foi detido de forma preventiva de madrugada e, até as 12h locais, quando o jogador foi libertado "com acusações" das quais terá de se defender perante de um juiz, disse o procurador.

A esposa do jogador "deixou o seu domicílio" familiar, acrescentou.

Contactado pela AFP, nenhum funcionário do clube do norte da França foi localizado para comentar estes factos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.