O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol decidiu não dar seguimento ao recurso apresentado às 15 horas desta segunda-feira pelo Benfica.

Os encarnados pretendiam, com este recurso, conseguir suspender o castigo de 15 dias aplicado a Rui Vitória, e ter o timoneiro das águias presente no banco de suplentes no jogo desta noite no estádio do Bonfim, a contar para a 19ª jornada da I Liga, que põe Vitória de Setúbal e Benfica frente a frente.

Se o CD tivesse respondido positivamente a este pedido, antes das 20 horas, Vitória poderia sentar-se no banco de suplentes e dar a conferência de imprensa no final dos 90 minutos do encontro no Bonfim.

A suspensão de 15 dias foi aplicada ao técnico português na sequência dos acontecimentos do final do encontro que opôs Moreirense e Benfica no Algarve, nas meias-finais da Taça da Liga, em que o técnico dos encarnados dirigiu-se à equipa de arbitragem no final da partida que o Benfica perdeu por 3-1, falhando a final da competição, tendo aquela secção punido o técnico com 15 dias, considerando que este lesou a honra e a reputação da equipa de arbitragem.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.