Frente ao norte-americano Jake Marshall, ‘Kikas’ obteve um total de 13,83 pontos, insuficientes para superar os 15,66 do adversário.

Com este resultado numas das mais importantes provas do ‘QS’, o surfista cascalense, 47.º do ‘ranking’ secundário, vai também ascender na hierarquia, face aos 3.700 pontos garantidos nas águas galegas.

Apesar de ter sido despromovido ao circuito de qualificação, Morais já competiu em quatro provas do circuito mundial em 2019, em Margaret River, na Austrália, no Rio de Janeiro, em Jeffreys Bay, na África do Sul, e no Tahiti Pro Teahupo’o, na Polinésia Francesa.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.