Inzaghi, que falava em conferência de imprensa de antevisão ao encontro da quinta jornada com os ‘encarnados’, reconheceu que será “um jogo muito importante” já que qualquer desaire poderá oferecer a liderança do grupo aos espanhóis da Real Sociedad, com quem os transalpinos atualmente dividem a liderança, ambos com 10 pontos.

“Já estamos nos oitavos de final e ainda temos o primeiro lugar por conquistar. A Real Sociedad é também uma equipa muito forte e está na luta”, começou por dizer.

Por isso, Inzaghi, e apesar de defrontar o ‘lanterna vermelha’, com zero pontos e que apenas marcou um golo em quatro jogos, não quis entrar em euforias para a visita ao Estádio da Luz, alertando que este será já o quarto jogo com o Benfica nos últimos seis meses – na época passada, os ‘nerazzurri’ eliminaram as ‘águias’ nos quartos de final da mesma competição.

“No último dérbi [com o Sporting], deu para ver o que conseguem fazer. Estavam a perder aos 90+3 minutos e depois ganharam o jogo. Admiro muito o treinador [Roger Schmidt], que na época passada levou o Benfica aos quartos de final da Liga dos Campeões, deixando para trás a Juventus e sem perder com o Paris Saint-Germain. Embora este ano o caminho esteja um pouco mais complicado”, admitiu.

Questionado sobre o motivo do desempenho do Benfica esta temporada, o treinador reconheceu que as coisas não correram bem aos ‘encarnados’ desde o arranque da fase de grupos.

“No primeiro jogo [com o Salzburgo], tiveram uma expulsão que os condicionou e acabaram por perder o jogo [0-1]. Connosco, também tiveram de fazer alterações ainda antes do intervalo [devido a lesão de Alexander Bah] e depois apanharam uma Real Sociedad que está a fazer uma época extraordinária”, afirmou.

Utilizado nos derradeiros sete minutos do jogo da primeira volta, o defesa internacional brasileiro Carlos Augusto foi questionado sobre a possibilidade de medir forças com Di María, lembrando que não será uma novidade, já que se defrontaram na semana passada, na derrota do Brasil diante da Argentina (0-1), da fase de qualificação para o Mundial2026.

“Não podemos escolher os nossos adversários. Trabalhámos muito para fazer um bom trabalho, para vencer o Benfica. Vamos fazer tudo para ganhar. [Di Maria] Por sorte, defrontámo-nos na semana passada. Acompanhei alguns jogos da Liga portuguesa. Tenho de entrar concentrado para o conseguir anular e ele não fazer o melhor amanhã [quarta-feira]. O Benfica também tem Otamendi que é um jogador muito forte com bola. Temos de estar atentos”, alertou o lateral esquerdo.

O Inter Milão defronta na quarta-feira, às 20:00, o Benfica, em jogo da quinta jornada que será arbitrado pelo letão Andris Treimanis.

Os italianos dividem a liderança da ‘poule’ com a Real Sociedad, ambos com 10 pontos, à frente do Salzburgo, que tem três, enquanto o Benfica é último colocado, sem qualquer ponto.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.