Depois de ter falhado a participação no Open da Austrália, na sequência de um teste positivo ao novo coronavírus, na véspera de viajar para Melbourne, o minhoto, que figura no 98.º lugar do ‘ranking’ ATP, regressou à competição com uma derrota diante Carballes Baena, número 96 da hierarquia mundial, pelos parciais de 6-3 e 6-1, em uma hora e 21 minutos.

Num ‘court’ pesado, devido à chuva que se fez sentir em Córdoba e atrasou o início da jornada, o jogador português, de 31 anos, entrou mal no encontro e bastou um ‘break’, logo de entrada, no segundo jogo, para ficar em desvantagem (0-2) e ceder o primeiro ‘set’, ao cabo de 49 minutos.

Apesar das dificuldades para colocar em prática o seu jogo, o vimaranense até cumpriu o seu primeiro jogo de serviço na segunda partida, mas não foi capaz de evitar depois três ‘breaks’, acabando por ver Carballes Baena fechar o marcador por 6-1.

Consumado o desaire, o segundo esta temporada, depois do Challenger de Antalya, João Sousa, que não vence qualquer encontro de singulares desde outubro de 2020, em Antuérpia, volta ao ‘court’ para disputar os quartos de final da competição de pares, ao lado do alemão Domink Koepfer.

Roberto Carbales Baena, por sua vez, vai defrontar na segunda ronda o vencedor do encontro entre os argentinos Facundo Bagnis e Nicolas Kicker.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.