O tribunal condenou um adepto do FC Lucerna, de 24 anos, a três anos de prisão, dos quais 18 com pena suspensa, e ao pagamento de uma indemnização de 10.600 euros à vítima, que reclamava uma verba cinco vezes superior.

O advogado do adepto condenado pediu a sua absolvição, alegando que o seu cliente tinha tomado todas as precauções antes de lançar os engenhos.

A vítima, com cerca de 50 anos, teve de ser operada e perdeu parte da audição.

Para a condenação foram determinantes imagens das câmaras de segurança do estádio do FC Lucerna, que mostravam o adepto a lançar quatro engenhos pirotécnicos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.