“Não vejo as coisas dessa perspetiva. Ainda bem que tem público. Estamos a precisar de adeptos para dar vida ao futebol. Futebol sem adeptos e sem paixão não faz sentido. Jogámos em ambientes muito difíceis, com 40 ou 60 mil pessoas e deram sempre grandes respostas, tenho um grupo de trabalho muito experiente e muito capaz”, explicou Pedro Martins.

O técnico espera um jogo “muito disputado”, mas garantiu que a equipa grega “está preparada”.

“Vai ser um jogo muito disputado e competitivo, se as duas equipas estiverem em condições normais, que é o que se verifica. O Olympiacos está bem e confiante, sabemos do real valor do FC Porto. Tem uma excelente equipa, muito bem orientada, vamos ter um jogo de grande dificuldade”, afirmou ainda.

O técnico português está à espera de um FC Porto “agressivo e a saber o que faz”.

“Espero características muito próprias das equipas do Sérgio, agressiva e que sabe o que faz. As duas equipas sabem perfeitamente o que vão fazer. Se alterar o sistema para um 4x4x2 ou 4x3x3 sabemos como vamos atuar. Se jogar com três defesas, também vamos saber o que temos de fazer. Em alguns períodos o FC Porto vai assumir o jogo e noutros momentos vamos ser nós. É sabermos tomar as melhores decisões”, explicou ainda o treinador em conferência de imprensa de antevisão da partida.

O FC Porto recebe, pelas 20:00 de terça-feira, o Olympiacos, em jogo a contar para a segunda jornada do grupo C da Liga dos Campeões.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.