A ampliação prevista do estádio irá permitir um aumento da sua capacidade dos atuais 54 mil lugares para os 61 mil.

"Face às dificuldades com que hoje nos confrontamos, quer no setor da construção civil, quer no fornecimento de materiais e nos serviços públicos, tomámos a decisão responsável de congelar o projeto por 12 meses", afirmou o diretor geral do Liverpool, Andy Hugues, ao site do clube na internet.

Os trabalhos de ampliação do estádio necessitam de dois períodos de Verão para serem concluídos, lembrou Andy Hugues, razão pela qual acha mais provável que as obras se concluam no Verão de 2023 e não em 2022 como estava inicialmente previsto.

Quando a liga inglesa foi interrompida a 13 de março, o Liverpool precisava apenas de duas vitórias para conquistar o seu primeiro título de campeão desde há 30 anos.

A organização da prova espera encontrar um meio que permita a realização dos 92 jogos que faltam para o final do campeonato, mas os moldes em que tal se fará ainda estão por definir.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.