"A situação é grave e não é possível manter a equipa principal. O presidente transmitiu isso ontem [quinta-feira] a todos através de uma mensagem de WhatsApp enviada para o grupo de trabalho, que inclui os dirigentes, a equipa técnica, os jogadores e o resto do 'staff', como o massagista e o roupeiro", revelou a mesma fonte, que pediu para não ser identificada.

A Lusa tentou contactar António da Silva Cerqueira, que de acordo com a informação recolhida se encontra em Portugal, mas até ao momento não foi possível.

O jornal diário andorrano Bon Dia publicou hoje na sua edição 'online' duas mensagens que o presidente do Lusitanos de Andorra, que disputa o principal campeonato do Principado (venceu a prova em 2012 e 2013), terá enviado para o grupo de WhatsApp.

"Comunicamos a todos os jogadores e corpo técnico que o clube está a proceder a dar a baixa federativa de toda a gente. Ficam livres de poder negociar com outros clubes. Tornamos a avisar que o clube não tem alojamento nem alimentação para ninguém. Aconselhamos que não se apresentem em Andorra", lê-se numa das mensagens.

Em outra mensagem, António da Silva Cerqueira despede o treinador português Quim Berto, acusando-o de acusações falsas contra o clube e o presidente: "Também comunicamos ao Sr. Quim Berto, treinador do clube, que, derivado as declarações falsas, feitas nos jornais, em relação ao clube e ao presidente, por conselho dos nossos advogados, fica destituído do seu cargo, por justa causa".

O Lusitanos de Andorra foi fundado em 1999 na capital do principado por emigrantes portugueses e a identificação com Portugal é visível no escudo, nos equipamentos e no nome do clube. A maioria do plantel é composta por jogadores portugueses, tal como o até agora treinador.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.