O jovem de 21 anos estabeleceu um novo recorde no circuito de Hungaroring, perto de Budapeste, na Hungria, com o tempo de 1.14,572 minutos, na última tentativa da qualificação.

Nessa altura, Verstappen era já o primeiro na tabela de tempos, mas, com a melhoria conseguida na derradeira volta, deixou o finlandês Valtteri Bottas (Mercedes) a 18 milésimos de segundo.

O britânico Lewis Hamilton, no segundo Mercedes, vai partir da terceira posição, na segunda fila da grelha, depois de ter ficado a 197 milésimos de segundo de Verstappen.

Os dois Ferrari ficaram logo a seguir, no quarto e quinto lugares, respetivamente, com o monegasco Charles Leclerc a bater o antigo campeão mundial, o alemão Sebastian Vettel.

“É incrível”, exclamou Max Verstappen, já depois de ter conseguido aquela que é, também, a primeira ‘pole position’ da carreira, depois de sete segundos lugares.

Um carro equipado com motor Honda não conseguia o primeiro lugar da grelha desde o GP da Austrália de 2006, na altura por intermédio do britânico Jenson Button.

O GP da Hungria de Fórmula 1 é a 12.ª prova da temporada e a última antes da pausa de verão.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.