A história do jovem atacante francês é a de um superdotado para o futebol, com futuro no desporto desde que era criança.

Aos 14 anos, jogava à bola em Bondy, a sua cidade natal na região metropolitana de Paris, no clube que era treinado pelo seu pai. Ao mesmo tempo, dividia as suas semanas entre o centro técnico nacional de Clairefontaine e as aulas no colégio de Rambouillet.

Já nesta época, o fenómeno Mbappé começou a chamar a atenção no círculo profissional europeu. Em 2013, aconselhado pela família, o jogador decidiu apostar no projeto de formação do Monaco e passa a morar no Principado.

O início no centro de treinados da equipa monegasca é complicado. Mbappé não encara bem as exigências da vida de um quase profissional, mas rapidamente muda de comportamento e o seu talento começa a vir ao de cima.

Em Madrid aos 15 anos

Em 2014, o Real Madrid propôs à promessa um período para conhecer Valdebebas, a sede dos merengues. Aos 15 anos, já tinha conhecido o craque e ídolo português Cristiano Ronaldo, tudo parte de uma ideia do compatriota Zinedine Zidane para seduzir o jovem francês.

Mas Mbappé continuava a envergar a camisola branca e vermelha do Monaco. A sua velocidade e fluidez no ataque, saindo quase sempre do lado esquerdo do campo, seduziram rapidamente Leonardo Jardim.

Com o aval dos treinadores dos escalões de formação do clube, o atacante integrou-se rapidamente no grupo de jogadores orientados pelo técnico português.

A estreia na Ligue 1 aconteceu aos 16 anos, contra o Caen. Poucas semanas depois, fez o seu primeiro golo pela principal equipa do Monaco e assinou o seu primeiro contrato profissional, com vínculo até 2019.

Há um ano, após marcar dois golos contra o Lens na final da Taça Gambardella, um prestigioso torneio juvenil francês, Mbappé foi convocado para jogar o Europeu Sub-19. A França passeou na competição e o atacante foi a estrela do torneio, fazendo balançar as redes por quatro ocasiões.

Na época, o Monaco já começava a recusar propostas dos grandes clubes europeus. O Manchester City chegou a oferecer 40 milhões de euros para contratar a jovem promessa do principado.

Mas os monegascos conseguiram contornar o assédio dos grandes europeus com a simples promessa de mais minutos em campo. Assim, na primeira volta do campeonato francês, Mbappé começou como titular, mas o jogador sofreu concussão cerebral após choque com um rival roubou-lhe parte da época.

Por ser menor de idade, precisou seguir um longo protocolo de recuperação para voltar a jogar. O tempo fez o pai perder a paciência, expondo a situação à imprensa.

Mbappé precisou de esperar. A partir de janeiro, começou a entrar com mais frequência nas partidas. Regressado, começou a marcar a cada jogo e tornou-se num elemento imprescindível do clube.

O petit Henry

A sua carreira estava lançada. A sua desenvoltura e velocidade ajudaram a bater os recordes de precocidade de Thierry Henry, o que começou, também cedo, a criar comparações com a antiga estrela do Arsenal e Barcelona.

O menino de Bondy acabou por se tornar na grande atração do plantel do Monaco que conquistou a Ligue 1, destronando a hegemonia do Paris Saint-Germain. A equipa ainda chegou às meias-finais da Liga dos Campeões, tendo sido eliminada pela Juventus. No final da temporada os números não mentiam e Mbappé tinha marcado 26 golos.

Apesar de não ser conseguido ser decisivo na Liga dos Campeões, onde o papel de destaque no ataque foi para Falcao, e de ter sido anulado pelo brasileiro Thiago Silva na final da Taça da Liga, conquistada pelo PSG, o técnico da seleção francesa não pensou duas vezes e convocou Mbappé pela primeira vez. A estreia aconteceu contra o Luxemburgo, no último dia 16 de março.

O primeiro golo aconteceu na goleada por 4 -0 da França contra a Holanda, no Parque dos Príncipes, a nova casa de Mbappé após transferência de 180 milhões de euros. O atacante agora vai defender as cores PSG e formar trio ofensivo ao lado do uruguaio Edinson Cavani e de Neymar, que promete aterrorizar as defesas adversárias e colocar a equipa da capital francesa entre uma das favoritas a conquistas a 'Champions'.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.