Depois de conseguir o feito em 2020, ano de estreia da pista algarvia no Campeonato do Mundo, o piloto natural de Almada tentará repetir a proeza, mas, antes, participará em mais duas sessões de treinos, a primeira com início previsto para 09:55, depois de na sexta-feira ter obtido a sexta posição na tabela combinada de tempos dos treinos livres, dominada pelo espanhol Marc Márquez (Honda).

Tal como na véspera, é expectável que a chuva e o vento voltem as condicionar as prestações dos pilotos no traçado de Portimão, ainda que com menos intensidade.

A partir das 13:30, está agendada a quarta sessão, com a primeira fase de qualificação a acontecer entre as 14:10 e 14:25 e, a segunda, logo de seguida, das 14:35 às 14:50.

O piloto luso, de 27 anos, tem, provisoriamente, um lugar na segunda fase da qualificação, a Q2, reservada aos 10 pilotos mais rápidos das três primeiras sessões de treinos livres e aos dois mais rápidos da Q1.

Os pilotos da categoria de Moto3 são os primeiros a acelerar na pista, pelas 09:00, voltando no período da tarde, das 12:35 até às 13:15, para cumprir as sessões de qualificação.

Já a classe intermédia, a Moto2, é a última a entrar na ‘montanha-russa’ algarvia, primeiro, para os treinos livres (10:55-11:35) e, depois, para as derradeiras qualificações, entre as 15:10 e 15:50.

O GP de Portugal é a quinta jornada do Mundial de Velocidade de motociclismo e disputa-se até domingo no Autódromo Internacional do Algarve (AIA).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.