No Estádio Azadi, em Teerão, cerca de dois mil bilhetes do total de 10 mil foram reservados para o público feminino, segundo a agência noticiosa ISNA, e a entrada das mulheres deu-se por uma porta única, junto ao estacionamento, com polícias de chador (veste que cobre todo o corpo menos a cara) a controlarem os movimentos das congéneres.

Os jogos da seleção nacional do Irão tinham sido realizados até agora à porta fechada, em virtude das restrições provocadas pela pandemia de covid-19. A última ocasião em que o público feminino tinha podido assistir a um encontro fora em outubro de 2019.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.