A Espanha, campeã em 2010, estreou-se hoje no Mundial de futebol de 2022 com uma goleada por 7-0 à Costa Rica, em encontro da primeira jornada do Grupo E, disputado no Estádio Al Thumama, em Doha.

Dani Olmo, aos 11 minutos, Marco Asensio, aos 21, Ferran Torres, aos 31 e 54, o primeiro de grande penalidade, Gavi, aos 74, Carlos Soler, aos 90, e Álvaro Morata, aos 90+2, selaram o triunfo dos comandados de Luis Enrique, o maior de sempre da La Roja em Mundiais.

Na classificação, a Espanha segue no primeiro lugar, com os mesmos três pontos do Japão, que, surpreendentemente, venceu a Alemanha por 2-1, com reviravolta. A Costa Rica e os germânicos, que defrontam os espanhóis na segunda ronda, estão a zero.

Esta é a segunda maior goleada em Campeonatos do Mundo no século XXI, depois da vitória de oito golos sem resposta da Alemanha à Arábia Saudita no Mundial de 2002, organizado pela Coreia do Sul e Japão.

Esta goleada junta-se ao panteão de vitórias por 7-0, ao lado do Portugal - Coreia do Norte em 2010, Polónia - Haiti em 1974, Turquia - Coreia do Sul em 1954 e Uruguai - Escócia também em 1954.

Neste Mundial, esta é a terceira 'goleada. Inglaterra venceu o Irão por 6-2 e França a Austrália por 4-1.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.