O Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão, vai receber a 14.ª e última prova do campeonato do mundo de velocidade MotoGP, de 20 a 22 de novembro.

O circuito algarvio integra o calendário de 2020, para o qual estava de reserva, depois do cancelamento das provas de Argentina, Tailândia e Malásia, devido à pandemia de covid-19.

A prova portuguesa vai fechar a temporada, uma semana depois do Grande Prémio da Comunidade Valenciana, em 15 de novembro.

Em comunicado, a organização dá conta de que o "Autódromo Internacional do Algarve é verdadeiramente único", salientando que graças às suas características singulares, tem a reputação de ser uma "montanha-russa de alta velocidade". 

Esta foi uma decisão que deixou o presidente da Federação Internacional de Motociclismo (FIM), o português Jorge Viegas, "orgulhoso", apesar de ser uma solução só para 2020.

"No próximo ano, em princípio, não será [parte integrante do calendário] mas temos de ver a evolução da pandemia", explicou, já na conferência de imprensa.

Paulo Pinheiro, CEO do Autódromo Internacional do Algarve, adiantou por sua vez que a realização desta prova se trata de um "grande feito" para a sua equipa, além de revelar a existência de um acordo em vigor desde 2017.

O responsável realça também que ter Miguel Oliveira na grelha do MotoGP é uma "adição incrível para esta corrida", assim como tem a esperança de que a prova seja decidida em Portimão.

O diretor-geral do circuito revelou que, numa primeira fase, o plano prevê a presença de 30 mil pessoas do público. Todavia, as etapas seguintes, para que tal aconteça, ainda terão de ser revistas com a DORNA, entidade responsável pela organização do campeonato, e com as autoridades sanitárias portuguesas.

Esta vai ser a 15.ª edição do Grande Prémio de Portugal de motociclismo, depois de 13 provas, entre 2000 e 2012, no autódromo do Estoril, e da estreia, em 1987, no circuito espanhol de Jarama.

Após três provas, o Mundial é liderado pelo francês Fabio Quartararo (Yamaha), com 59 pontos, mais 17 do que o espanhol Maverick Viñales (Yamaha). O português Miguel Oliveira (KTM) ocupa o 12.º lugar, com 18.

O Autódromo Internacional do Algarve (AIA) vai receber também o Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1, em 25 de outubro.

(Notícia atualizada às 16:02)

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.