Para a candidatura socialista, aquela crise diretiva “é extremamente preocupante e deve merecer a intervenção da autarquia, enquanto acionista principal, para atenuar os perniciosos efeitos que isso está a provocar na instituição”.

O PS lembra que o presidente da Direção do ABC está demissionário há várias semanas, por razões pessoais.

“Braga não pode deixar cair a maior escola de andebol do país, mantendo este manto de silêncio sobre uma das mais importantes instituições do concelho”, defende Miguel Corais, citado num comunicado da candidatura.

Para Miguel Corais, a intervenção municipal justifica-se ainda pelo facto de o ABC ser uma instituição de utilidade pública.

O candidato do PS quer que seja feito um apelo “às boas vontades” de associados e dirigentes para se encontrar “com urgência uma solução sustentável para um dos maiores estandartes de Braga”.

“Antigos atletas têm feito chegar ao Partido Socialista a sua preocupação pela degradação institucional que se vive no ABC e que pode afetar a formação desportiva de várias centenas de jovens bracarenses”, sublinha Miguel Corais.

Segundo o candidato, o primeiro “sinal de alarme” foi dado quando o ABC “se viu obrigado” a desistir da participação na Taça Challenge da próxima temporada “por falta de apoio da Câmara Municipal de Braga e da Federação Portuguesa de Andebol”.

A candidatura socialista lembra que, nessa altura, a denúncia que o PS fez sobre a crise do clube “foi mal entendida por alguns setores da opinião pública” de Braga, mas sublinha que os “novos dados e fragilidades”, que entretanto surgiram, vieram confirmar os problemas.

Para Miguel Corais, “o ABC é um dos melhores embaixadores de Braga, face aos títulos de campeão nacional que venceu nos vários escalões, às vitórias na Taça de Portugal e ao prestígio europeu que faz dele o único clube português finalista da Taça dos Campeões Europeus”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.