Depois de na terça-feira ter contado apenas com 12 jogadores no relvado do centro de treinos de Al-Shahaniya, situado nos arredores de Doha, o selecionador luso, Fernando Santos, teve hoje à disposição um grupo mais alargado, mas esteve privado de Cristiano Ronaldo, que ficou a fazer trabalho específico de recuperação no ginásio.

Já o lateral esquerdo Nuno Mendes, o defesa Danilo e o médio Otávio, que constam no lote de indisponíveis, não subiram igualmente ao relvado para prosseguirem com a recuperação às respetivas lesões.

Nos primeiros 15 minutos abertos aos jornalistas, o grupo de jogadores de campo foi dividido em dois, com os titulares contra o Uruguai e Raphaël Guerreiro de um lado do campo e os restantes do outro, para a realização de exercícios com bola.

Os três guarda-redes Rui Patrício, Diogo Costa e José Sá fizeram trabalho especifico junto de uma das balizas.

Portugal venceu na segunda-feira o Uruguai por 2-0, com dois golos de Bruno Fernandes, e assegurou o apuramento para os oitavos de final, ocupando a liderança do Grupo H, com seis pontos, à frente do Gana, que tem três, enquanto os uruguaios e a Coreia do Sul têm ambos um.

A equipa das ‘quinas’ defronta na sexta-feira os sul-coreanos, treinados por Paulo Bento, na terceira e última jornada da fase de grupos, em jogo marcado para o Estádio Education City, em Doha, a partir das 18:00 locais (15:00 em Lisboa).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.