O avançado português colocou a ‘vecchia signora’ na frente do marcador aos 65 minutos, num lance todo ele de inspiração individual, ao arrancar com a bola antes do meio-campo, tabelar com Bentancur, para a receber mais à frente, suportar a pressão do central do Verona ao longo de 20 metros para finalizar com um remate não muito forte, mas colocado ao ângulo inferior.

No entanto, a Juventus só se pode queixar de si própria ao permitir a reviravolta no marcador, com golos de Fábio Borini e Giampaolo Pazzini, o segundo de penálti, aos 76 e 86 minutos, respetivamente, o primeiro num erro de Bentancur que perdeu a bola em zona proibida e o segundo na sequência de um pontapé de canto em que a bola foi embater no braço de Leonardo Bonucci.

De referir que ao marcar hoje, Ronaldo fê-lo pelo 10.º jogo consecutivo na ‘Serie A’, período em que somou 15 golos, que o guindaram ao segundo lugar da lista de melhores marcadores, com 20 golos, só atrás do avançado da Lazio Ciro Immobile, que lidera com 25, enquanto o internacional belga Romelu Lukaku é terceiro, com 16.

Com esta derrota, a Juventus arrisca ser alcançada pontualmente pelo Inter, caso este vença no domingo o rival AC Milan, em San Siro, o que deixaria as duas equipas no topo da classificação com 54 pontos, com a Lazio à espreita, podendo chegar aos 53 pontos se vencer em Parma.

Nos outros dois jogos de hoje da ‘Serie A’, a Atalanta foi vencer a Florença, a Fiorentina, por 2-1, e o Torino somou a sua quarta derrota consecutiva no campeonato ao perder com a Sampdoria por 3-1.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.