Aos 23 anos, Rony Lopes deixa o Mónaco após duas épocas, por cerca de 20 milhões de euros, segundo a comunicação social espanhola, valor superior aquele pago pelo clube do principado aos ingleses do Manchester City, em 2015, quando comprou o atleta por 15 milhões de euros.

Apesar de serem negócios distintos, o clube monegasco, treinado pelo português Leonardo Jardim e em que atuam os compatriotas Gelson Martins e Gil Dias, recebe dos espanhóis o ponta de lança internacional francês Wissam Ben Yedder.

Através das redes sociais, o jogador português deu conta da satisfação por chegar a um “clube gigante”, orientado pelo espanhol Julen Lopetegui, ex-técnico do FC Porto, no qual vai encontrar o compatriota Daniel Carriço.

“[Estou] encantado por chegar a um clube gigante e com uma história tão rica. Chego entusiasmado e ansioso para vencer. Obrigado pela incrível receção. Agora sou um de vocês e podem contar que vou deixar a pele no campo pelo nosso clube”, escreveu.

Rony Lopes dirigiu ainda algumas palavras de despedida ao Mónaco: “Foi um prazer e uma honra vestir a vossa camisola e representar um clube tão grande. Cheguei como um miúdo cheio de sonhos e hoje parto como um homem graças as vocês”, assinalou.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.