Loeb terminou a primeira secção com o tempo de 36.51,1 minutos, tendo meio segundo de vantagem sobre o segundo classificado, o britânico Elfyn Evans (Toyota Yaris), e 3,3 segundos sobre o terceiro, o belga Thierry Neuville (Hyundai i20).

Evans começou o dia ao ataque, saltando para a liderança da prova lusa, quarta ronda do campeonato do mundo, logo na Lousã, com 4,4 segundos de vantagem sobre o compatriota Gus Greensmith (Ford Puma).

O britânico alargou o comando na especial seguinte, em Góis, ficando com cinco segundos de avanço para o segundo, que era, então, o estónio Ott Tanäk (Hyundai i20).

Nessa segunda especial da manhã, Loeb era apenas sétimo classificado, a 10,1 segundos do líder.

A primeira passagem por Arganil permitiu uma cambalhota na classificação, com Loeb a entrar verdadeiramente ao ataque, vencendo a especial com 2,8 segundos de avanço para Thierry Neuville, mas, mais importante, ganhou 10,6 segundos a Evans, que foi apenas quinto.

Os pilotos têm agora tempo para trocar de pneus, com a ação a regressar às 12:31.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.