Na sessão de trabalho, que teve os primeiros 15 minutos abertos à comunicação social, estiveram presentes os 25 jogadores convocados, que depois de alguns exercícios de aquecimento foram divididos por setores e coletes.

Se nos avançados não havia nenhuma divisão e no meio-campo houve mudanças entre os detentores de coletes, na defesa os jogadores sem colete parecem partir na frente para a titularidade: Nélson Semedo, José Fonte, Rúben Dias e Raphael Guerreiro. Já os guarda-redes, cumpriram o habitual trabalho específico à parte.

Portugal defronta a Sérvia, em Belgrado, no sábado, e viaja, depois, até à Lituânia, onde joga na terça-feira, em dois jogos que poderão ser determinantes na luta pelo apuramento direto para o próximo Europeu.

No arranque do apuramento, a formação portuguesa somou dois empates caseiros, com Ucrânia (0-0) e Sérvia (1-1).

A seleção lusa, detentora do título europeu, segue no quarto e penúltimo lugar do Grupo B, com apenas dois pontos, embora tenha menos dois jogos do que a Ucrânia, que lidera com 10, e que o Luxemburgo, segundo, com quatro.

Com mais um jogo do que Portugal, a Sérvia é terceira classificada, também com quatro pontos, enquanto a Lituânia segue em último, com apenas um ponto.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.