“A Sporting Clube de Portugal – Futebol, SAD, vem (...) informar o mercado que nesta data, foi formalizada a revogação, por mútuo acordo, do contrato de trabalho celebrado entre a Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD e o treinador da equipa principal de futebol, Jorge Jesus, revogação que produzirá efeitos imediatos”, diz o comunicado.

O treinador português, que orientou o Sporting nas últimas três temporadas, já tinha sido confirmado oficialmente no Al Hilal, da Arábia Saudita, pelo qual assinou um contrato valido por um ano, com outro de opção.

Em três anos ao serviço dos ‘leões’, Jorge Jesus conquistou uma Supertaça Cândido de Oliveira e uma Taça da Liga.

Depois das rescisões de Rui Patrício e Podence, a saída do treinador fragiliza o clube que se vê a braços com uma crise que parece não ter fim à vista e que se iniciou no dia 15 de maio, quando cerca de 40 pessoas encapuzadas invadiram a Academia do Sporting, em Alcochete, e agrediram alguns jogadores e elementos da equipa técnica.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.