Enquanto o Benfica acabou de conquistar a International Champions Cup (ICC), prova de pré-temporada que reúne alguns dos principais clubes mundiais, o Sporting terminou a fase de preparação sem qualquer vitória nos seis jogos que disputou.

O Sporting averbou três empates e outras tantas derrotas - a última das quais no domingo, frente ao Valência (2-1), na apresentação aos adeptos.

Os encontros particulares confirmaram que a equipa se mantém muito dependente do médio Bruno Fernandes, autor de quatro dos oito marcados pela equipa de Alvalade, mas o Benfica parece ainda não ter encontrado um substituto à altura de João Félix, transferido para o Atlético de Madrid por 120 milhões de euros, não obstante o percurso vitorioso.

Apesar da conquista da ICC, as exibições dos ‘encarnados’ estão longe de encantar os adeptos, além de ter defrontado alguns dos adversários mais acessíveis da prova: Chivas (3-0), Fiorentina (2-1) e AC Milan (1-0).

Além de João Félix, o Benfica perdeu ainda o extremo argentino Salvio, para o Boca Juniors, e o avançado brasileiro Jonas, que terminou a carreira, dois dos jogadores mais influentes no passado recente das ‘águias’, reconfigurando a frente de ataque com o espanhol Raul de Tomás (ex-Real Madrid) e o brasileiro Carlos Vinícius (ex-Nápoles).

O Sporting, que viu o médio sérvio Gudelj terminar o empréstimo e rumar ao Sevilha, reforçou a defesa com Luís Neto e Rosier, mas o central não tem sido capaz de se impôs à dupla Mathieu/Coates e o lateral direito ainda recupera de uma lesão, enquanto no ataque o argentino Vietto está a ter mais oportunidades do que Rafael Camacho.

Apesar de ser um dos confrontos com mais história no futebol português, os dois clubes disputaram a Supertaça apenas três vezes, com vantagem para o Sporting, que se impôs nas duas últimas, em 1987 (vitórias por 3-0 e 1-0) e 2015 (1-0), depois de o Benfica ter conquistado o troféu em 1980 (2-2 e triunfo por 2-1).

Os treinadores Bruno Lage e Marcel Keizer defrontaram-se apenas três vezes, todas na época passada, com vantagem do técnico benfiquista, que se impôs por 4-2 em Alvalade para a Liga e por 2-1 em casa na primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal, antes de ser eliminado no estádio do Sporting, ao perder por 1-0.

Depois de as três últimas edições da prova terem sido realizadas em Aveiro, o confronto entre o campeão nacional e o vencedor da Taça de Portugal volta a disputar-se a partir das 20:45 no Estádio Algarve, palco do último confronto entre os rivais lisboetas na prova, favorável ao Sporting.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.