No quadro feminino da competição organizada pela Liga Mundial de Surf (WSL), a francesa Justine Dupont ganhou o galardão para a “melhor onda do dia”, enquanto que o prémio “compromisso” foi entregue à equipa de segurança na água, encabeçada pelo brasileiro Edilson Assunção, mais conhecido pela alcunha de alemão de Maresias.

Isto, num dia em que o ‘canhão’ da Nazaré soltou ondas até quase 20 metros de altura (o recorde mundial foi fixado pelo brasileiro Rodrigo Koxa, na Praia do Norte, nos 24,38 metros), proporcionando um espetáculo ímpar para os amantes de ondas gigantes, que se deslocaram em massa até à vila piscatória.

De resto, as ‘bombas’ da Praia do Norte apanharam os dois surfistas lusos que compunham a Team Portugal, Alex Botelho e Hugo Vau. Ambos foram hospitalizados, sendo que a situação clínica do primeiro causou as maiores preocupações, uma vez que chegou a estar inconsciente no mar durante cerca de dois minutos, até ser resgatado da água e encaminhado para o Hospital de Leiria.

O surfista português Alex Botelho vai continuar hospitalizado sob observação, e vai ser sujeito a novos exames, mas o médico responsável pelo atleta, Nuno Oliveira, considera que a sua situação clínica está controlada. Já Hugo Vau partiu uma perna e também foi hospitalizado, uma informação dada já à noite aos jornalistas pela organização, desconhecendo-se, neste momento, mais detalhes.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.