Em causa está o jogo com o Barcelona B, que o Eldense perdeu por 12-0.

Após uma denúncia feita pelo jogador do clube Cheik Saad de que o resultado foi combinado por quatro companheiros, a polícia espanhola deteve o treinador, o seu adjunto Filippo Vito di Pierro e o principal acionista do clube, o italiano Nobile Capuani.

A comissão de gestão do clube anunciou no domingo a desvinculação do grupo de investimento italiano e a suspensão da atividade desportiva de equipa principal, por suspeita de envolvimento de alguns jogadores em esquemas de viciação de resultados.

Com 32 jornadas já disputadas, o Eldense ocupa o 20.º e último lugar do grupo 3, com apenas 14 pontos, já a distantes 16 pontos do penúltimo, o Levante B, e já está matematicamente despromovido.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.