“Cristiano Ronaldo é um grande jogador, mas quem diz que é mais forte do que Messi no entende de futebol, ou mente. Messi é único, inimitável e irrepetível. São jogadores que nascem uma vez em cada 50 anos”, disse Van Basten, numa entrevista ao diário italiano ‘Corriere della Sera’.

Segundo o ex-avançado holandês, três vezes vencedor da Liga dos Campeões ao serviço do Milan e campeão da Europa pela Holanda em 1988, o jogador do FC Barcelona, “quando era pequeno, caiu no ‘pote’ dos génios do futebol”.

Van Basten, formado nos holandeses do Ajax, deixou o futebol aos 31 anos, depois de um calvário de lesões, nomeadamente no tornozelo, que praticamente não o deixaram jogar nas suas duas últimas temporadas.

“Pode dizer-se que parei de jogar aos 28 anos. Tinha conquistado por três vezes a ‘Bola de Ouro’... vejam agora Messi e Ronaldo, jogadores com mais de 30, e na forma em que estão”, lamentou o holandês.

O ex-avançado, autor de um fabuloso golo na final do Europeu de 1988, face à União Soviética e a Rinat Dassaev (2-0), no Estádio Olímpico de Munique, na Alemanha, jogou no Ajax de 1981 a 1987 e no Milan de 1987 a 1995.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.