Na ponta final dos 231 quilómetros da mais longa tirada desta edição, que ligou Fougères a Chartres, Groenewegen bateu o colombiano Fernando Gaviria (Quick-Step Floors) e o esloveno Peter Sagan (BORA-hansgrohe), segundo e terceiro, respetivamente, com o mesmo tempo do vencedor (5:43.42 horas).

Van Avermaet cortou a meta no 16.º lugar, com o mesmo registo, e mantém o comando, com seis segundos de vantagem sobre o britânico Geraint Thomas (Sky) e oito em relação ao seu colega norte-americano Tejay van Garderen.

A oitava etapa, com 181 quilómetros a ligar Dreux e Amiens, é propícia a uma nova chegada ao sprint.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.