Segundo Bruxelas, os recentes aumentos do salário mínimo nacional permitiram melhorar o salário dos trabalhadores menos qualificados e não tiveram impacto na criação de emprego.

Contudo, diz, continua a “monitorizar” eventuais riscos.

O aumento do salário mínimo em Portugal motivou preocupações em Bruxelas. Em novembro do ano passado, a Comissão Europeia advertiu que uma nova subida do salário mínimo em Portugal podia ter um impacto negativo no emprego de trabalhadores com baixas qualificações.

Em Portugal, cerca de 20% dos assalariados ganham o salário mínimo.

O salário mínimo voltou a subir no início do ano para 580 euros.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.