"A revisão da perspetiva reflete o impacto significativo da pandemia global de covid-19 na economia portuguesa e a posição orçamental do Soberano [Estado]. É provável que o choque interrompa tendências anteriores de melhoria do crescimento económico, rácio da dívida pública face ao PIB [Produto Interno Bruto] e a resiliência no setor bancário", pode ler-se na nota hoje divulgada pela Fitch.

A agência refere que a "pequena e aberta economia de Portugal, com a sua alta dependência do turismo, está exposta a riscos negativos provenientes da severidade da pandemia, particularmente se o confinamento do país persistir para além do cenário base" previsto pela Fitch.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.