Em comunicado, os Correios de Portugal referem que o AE foi firmado hoje, “com o acordo da larga maioria dos sindicatos”.

De acordo com os CTT, este AE foi subscrito pelos sindicatos SINDETELCO, SITIC, SNTCT, SINCOR, SICOMP e FENTCOP, “que representam mais de 93% dos trabalhadores filiados em associações sindicais, contando com a presença do presidente da Comissão Executiva dos CTT, João Bento, e do administrador António Pedro Silva”.

Os Correios de Portugal adiantam que “a conclusão com êxito deste processo negocial relativo ao primeiro Acordo de Empresa da CTT Expresso representa o início de uma etapa com políticas de gestão de pessoas alinhadas com a estratégia do grupo CTT”.

Contribui “para o desenvolvimento pleno da atividade da empresa, a sua afirmação como líder no mercado em que atua, na dupla dimensão económica e social, e a melhor experiência de serviço junto dos clientes”, conclui a empresa.

O acordo “abrange os cerca de 1.200 trabalhadores da CTT Expresso”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.