Numa nota enviada hoje à comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), os CTT indicam que, a 21 de dezembro, na sequência de operações de compra de direitos de voto e de instrumentos financeiros, o Goldman Sachs ultrapassou o limiar mínimo de 2% do capital social dos CTT.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.