“A Petróleo Brasileiro SA — Petrobras informa que o senhor José Mauro Coelho pediu demissão do cargo de presidente da empresa na manhã de hoje. A nomeação de um presidente interino será examinada pelo conselho de administração da Petrobras a partir de agora”, refere a nota de facto relevante enviado pela petrolífera à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A demissão de Coelho foi precipitada por um novo aumento no preço dos combustíveis anunciado no final da semana passada, num momento em que o país está pressionado pela inflação.

A Petrobras, controlada pelo Estado brasileiro, mas com capital misto e cujas ações estão cotadas nas bolsas de São Paulo, Madrid e Nova Iorque, justificou o novo aumento com turbulência dos mercados internacionais de petróleo bruto.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.