Direita e esquerda, professor e ex-aluna, duas visões para o país com as propostas do ministro das Finanças para o próximo ano pela frente.

É o regresso da dupla João César das Neves e Susana Peralta ao SAPO24 para analisar o Orçamento de Estado para 2020.

Economista, professor na Universidade Católica Portuguesa, João César das Neves é autor de vários livros na área, entre os quais a obra "As 10 questões do interlúdio — a economia portuguesa na era de António Costa" (2018). Este livro sucede títulos como "As 10 questões do colapso" (2016), "As 10 questões da recuperação" (2013) e "As 10 questões da crise" (2011). Professor catedrático, escreve regularmente para o Diário de Notícias.

Susana Peralta, economista e professora da Nova School of Business and Economics (Nova SBE), é especialista em economia pública, conta com trabalhos publicados nas mais conceituadas revistas científicas e escreve habitualmente no jornal Público.

A moderação desta conversa esteve a cargo de Isabel Tavares, jornalista do SAPO24, que passou por projetos como o Diário Económico, do qual foi qual foi chefe de redação, bem como do Semanário Económico, Expresso, além de projetos na rádio e televisão.

Na apresentação da proposta de orçamento, esta terça-feira, Mário Centeno considerou o documento "histórico", referindo-se ao facto de este ter inscrito um excedente orçamental, inédito em democracia. Assim, no cenário macroeconómico, o Governo antecipou um excedente orçamental de 0,2% e um crescimento económico de 1,9% para 2020, mantendo uma previsão de défice de 0,1% para este ano.

Se está "perdido" nas dezenas de medidas anunciadas nesta proposta de Orçamento de Estado para 2020, consulte o nosso guia e saiba o que vai mudar.

O OE2020 será debatido em plenário, na generalidade, nos dias 9 e 10 de janeiro, estando a votação final global prevista para 6 de fevereiro.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.