Segundo os dados divulgados hoje, foram criados 2,5 milhões de empregos no mês passado.

Os analistas esperavam que a taxa de desemprego subisse e ficasse perto de 20%, numa altura em que muitas empresas estavam ainda encerradas devido às medidas de confinamento para conter a pandemia.

Em abril, a taxa de desemprego nos Estados Unidos tinha ficado em 14,7%, mas as primeiras reaberturas, em particular no comércio e restaurantes, em maio, permitiram uma recuperação.

A situação do emprego melhorou em setores ligados à hotelaria e lazer, construção, educação e serviços de saúde, bem como no comércio retalhista.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.