Todos nós conhecemos aquelas pessoas demasiado positivas, sempre alegres, mesmo às segundas-feiras de manhã. Não gostamos muito delas porque as invejamos e, por isso, rogamos-lhes pragas para que fiquem tristes e rabugentas como nós.

São pessoas que usam muito a frase “Tens de ver o copo meio cheio em vez de meio vazio” e a mais típica “Tens de ver o lado positivo” sempre que vêem alguém a quem aconteceu algum contratempo. Por exemplo, morre a avó de um amigo, que estava acamada há alguns anos: “Ela já estava a sofrer há muitos anos, tens de ver o lado positivo.” Alguém perdeu o emprego e essas pessoas dizem “Se calhar é a oportunidade de procures algo melhor, há sempre um lado positivo.”.

Estas pessoas são chatas porque nos fazem sentir mal por estarmos a sentir pena de nós mesmos. Quer dizer, a desgraça é óptima para sentirmos autocomiseração e as pessoas nos darem atenção e vêm estes palermas dizer que temos de ver o lado positivo? Nós não queremos ver o lado positivo e queremos que as pessoas à nossa volta se foquem no lado negativo para nos darem mimos. Gostava de saber se estas pessoas são assim, sempre positivas, face a outras situações mais graves. Imagino o seguinte:

  • “Amputaram-te a perna? Tens de ver o lado positivo, agora tens prioridade na fila do supermercado.”
  • “A tua mulher traiu-te com o teu melhor amigo? Tens de ver o lado positivo, são menos quatro prendas por ano que tens de dar.”
  • “O teu filho morreu? Bem, tens de ver o lado positivo, já podes fazer do quarto um escritório ou meter a render no AirBnB.

Estas pessoas parecem life coaches – treinadores da vida, em português – e têm alma de speaker motivacional que gosta de trabalhar de borla. Tudo é positivo e motivo de agradecer ao universo. Devem ser pessoas para quem ter SIDA tem o lado positivo de não ter de se usar preservativo e de ajudar na dieta, e ter cancro tem o lado positivo de se poupar nas idas ao cabeleireiro. E de ajudar na dieta, também.

“Tens de ver o lado positivo” tem o equivalente religioso de “Deus escreve certo por linhas tortas” e basta olhar para o estado do mundo para perceber que Deus é analfabeto e não sabe escrever uma frase sem erros. Não, nem tudo tem de ter um lado positivo e não há mal nenhum nisso. A adversidade faz parte da vida e aceitá-la faz de nós seres mais capazes porque o que não mata torna-nos mais fortes… olha outra frase irritante que essas pessoas dizem.

Sugestões e dicas de vida completamente imparciais:

Para ir: Últimas datas do meu espectáculo de stand-up comedy em Almada (15 Novembro), Covilhã (21 Novembro) e Damaia (22 e 23 de Novembro). Informações neste link.

Para ver: The Devil Next Door, na Netflix.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.